24 de Abril de 2014
Topo

 

O Ministério Público do Estado (MPE), por meio dos promotores de justiça Arnaldo Célio da Costa Azevedo, Milton Luís Lobo de Menezes e Nelson Pereira Medrado, ofereceu hoje denúncia contra doze pessoas envolvidas em fraudes na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa). Os denunciados são acusados de colocarem funcionários e estagiários “fantasmas” na folha e responderão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. Ao todo, quarenta e um volumes de documentos foram protocolados no Forum Criminal.

Foram denunciados Daura Irene Xavier Hage, Semel Charone Palmeira, Edmilson de Sousa Campos, José Robson do Nascimento (o Robgol), Mylene Vânia Carneiro Rodrigues, Elzilene Maria Lima Araújo, Mônica Alexandra da Costa Pinto, Jorge Moises Caddah, Adailton dos Santos Barboza, Fernando Augusto de Carvalho Rodrigues, Sergio Duboc Moreira e Elenise da Silva Lima.

Mônica Pinto, também responderá pelo crime de estelionato, por ter utilizado documentos fraudados para obtenção de vantagem financeira indevida junto ao Banco Santander, através de empréstimos consignados, induzindo a instituição bancária em erro.




 

É a segunda denúncia apresentada pelo Ministério Público em dez dias, sobre fraudes na Alepa. A utilização de fantasmas é apenas uma das modalidades de fraudes encontradas pelos promotores de justiça que investigam o caso na área criminal.

Pessoas humildes foram utilizadas no esquema. Os documentos de identificação desses cidadãos eram solicitados a pretexto de cadastrá-los para recebimento de cestas básicas e brinquedos no final do ano.

Também era dito que serviriam para cadastrá-los para trabalho em campanhas eleitorais ou para registro na carteira de trabalho daquelas que desenvolviam serviços domésticos para os integrantes da quadrilha.

Com isso, uma rede de funcionários e estagiários fantasmas foi formada na Alepa, causando um dano ao erário. Os promotores de justiça que investigam o caso calculam que o dano aos cofres públicos tenha ultrapassado o valor de dez milhões de reais.

As ordens para inclusão dos nomes na folha de pagamento, eram dadas por diversas pessoas. As investigações concluíram que as ordens vinham alternadamente de: Edmilson Campos (chefe de gabinete), Semel Charone Palmeira (chefa de Gabinete que substituiu no cargo Edmilson Campos), Daura Irene Xavier Hage ( lotada no gabinete do deputado estadual Junior Hage), Elzilene Maria Lima Araújo (lotada no gabinete de José Robson do Nascimento) e Mônica Pinto, que também, se beneficiava na medida em que recebia vantagem pecuniária.

Após a inserção dos “fantasmas”, os servidores responsáveis pela elaboração da folha, tratavam de apagar os registros inseridos indevidamente, utilizando-se, para tanto, de um programa de computação fornecido por Jorge Moises Caddah, ex-diretor do Centro de Processamento de Dados da Alepa.

Segundo os promotores de justiça Arnaldo Azevedo, Milton Menezes e Nelson Medrado, o povo do Pará foi o grande prejudicado com as fraudes. “O esquema de corrupção, na folha de pagamento, que envolveu funcionários da Alepa e refluiu pelo esgoto cifras significativas do dinheiro público, certamente atenta contra todo cidadão paraense que paga seus impostos, atenta contra aqueles que vivem abaixo da linha da pobreza, contra os que não possuem educação, segurança pública e saúde de qualidade”, ressaltam indignados.

Veja abaixo alguns dos “fantasmas” incluídos na folha de pagamento da Alepa, bem como a quem estavam vinculados:

1-GRUPO – MÔNICA ALEXANDRA DA COSTA PINTO

- SILVIO BRANDALISE

2-GRUPO- SEMEL CHARONE PALMEIRA

- MARIA BEATO DE FREITAS
- JACY DE SOUZA PEREIRA
- DINALVA BEATO DE FREITAS
- LIDIA BEATO DE FREITAS
- RAFAEL COSTA ARAÚJO
- MARIA EVANILDA MARTINS PALMEIRA
- KARYN SILVAN LIMA CABRAL
- ERMINA MARIA LIMA DA SILVA
- MAIKE SOUZA TORRES
- JOSÉ PEDRO DA SILVA NETO
- MYLENE KELLY DE ALMEIDA MANCIO
- NILZA NUNES MACHADO
- RENATA DA SILVA BARROSO
- EVANEIDE DO SOCORRO DO CARMO CAMPOS BELO
- ANTONIO IRANDES RODRIGUES PINHEIRO
- ANTONIO RAIMUNDO GUIMARÃES PEREIRA
- SALU BEATO DE FREITAS
- ROSANA DE MORAES BELO
- ALEXANDRE SANTOS DE ALMEIDA
- THEREZINHA DE JESUS GUIMARÂES PEREIRA

3- GRUPO - MYLENE VÂNIA CARNEIRO RODRIGUES

- MARIA ELIZABETHE RODRIGUES DO ESPIRITO SANTOS
- JUCILENE DA LUZ PINHEIRO
- IVONETE SILVA
- ROSANA DE SOUZA DE ALCANTARA
- MICHELLY LUIZA CUNHA NORONHA
- ALINE RODRIGUES DO ESPÍRITO SANTO
- JOANA PINHEIRO RODRIGUES
- RICARDO RAFAEL MONTEIRO DA SILVA
- KELLY CRISTINE CARVALHES RODRIGUES
- ERICA CARVALHO CÂNCIO
- MARIA LIDEIA SOUZA NASCIMENTO
- MARIA FLOR SOUZA MISQUITA

4- GRUPO- EDMILSON DE SOUZA CAMPOS

- CLÁUDIO ARAÚJO NOGUEIRA
- FRANCIDALVA MORAES DE VILHENA
- DAIANE OLIVEIRA BENTES
- LISLENE PEREIRA PALHETA
- LUCITELMA MORAES SANTOS
- DANIELLE SANTOS ALMEIDA
- VALDINEI FRANCA DE SOUSA
- ANA CARLA OLIVEIRA PIRES
- ELIENE PEREIRA PALHETA
- KELLEN ALINE DE BRITO MENDES
- JÉSSICA BRITO BARBOSA

5- GRUPO- DAURA IRENE XAVIER HAGE

- DANIELLE NAYA XAVIER HAGE
- LARISSA REBECA HAGE PARAENSE
- JOSIMAR PEREIRA GOMES

6- GRUPO- JOSÉ ROBSON DO NASCIMENTO

- MARIA RUBERVÂNIA MATIAS LIMA NASCIMENTO
- ROMERO PEREIRA DA SILVA
- ROMULO AUGUSTO DA SILVA
- JOSÉ MARCOS NASCIMENTO
- JUCIMARA HENRIQUE DO NASCIMENTO
- KELY KARINA NASCIMENTO SILVA
- MARIA MARGARETHE DO NASCIMENTO SILVA

7-GRUPO- ELZILENE MARIA LIMA ARAÚJO

- FRANCISCO LUZINOR ARAÚJO
- FRANCISCO NEUZITOR LIMA ARAÚJO
- ELCIONE RIBEIRO DA COSTA
- HUGO NAZARENO DE SOUZA CARDOSO
- JUREMA CARLA FERREIRA LIMA


LEIA AQUI A DENÚNCIA NA ÍNTEGRA

 


Texto: Edyr Falcão (Assessoria de Imprensa), com informações da 6ª Promotoria de Justiça do Juízo Singular
 

Rua Joao Diogo, 100 - Cidade Velha - 66.015.160 Belém/PA | (91)4006-3400
Atendimento ao público 8h às 14 - Atendimento no protocolo 8h às 17h (2a a 5a) e 8h às 15h (6a)
© 2000-2011. Todos os direitos reservados (Departamento de Informática - MPPA)